Romero Jucá: conheça meu trabalho por Roraima

As mulheres estão cada vez mais engajadas na política, processo natural que vem ocorrendo nos últimos anos. O MDB, atento à evolução comportamental e de atitude, é um exemplo da inclusão feminina no processo eleitoral.

Para as eleições 2020, cerca de 40 mulheres participaram das convenções do MDB colocando suas ideias e pretensões, para contribuírem com políticas em prol da sociedade.

A inclusão feminina vai muito além de uma simples ‘guerra de sexo’ ou afirmação da mulher, trata-se da participação ativa de uma importante parcela da sociedade.

Uma das 40 mulheres que registraram nas convenções o desejo de concorrer nas eleições 2020 foi Cleudimar Brito. Vereadora em Bonfim, ela luta pela reeleição no município que fica ao norte de Roraima.

“Esse é um grupo [MDB] de oportunidades. Nós temos a participação da mulher. A lei está dando oportunidade para nós mulheres sermos candidatas e temos que ocupar esse espaço e contribuir” falou a vereadora.

Outra líder feminina que irá lutar para ser eleita em 2020 é Núbia Lima, candidata à Prefeitura de Amajarí. Em recente convenção, ela falou da sua experiência em gestão e agradeceu o apoio do presidente do MDB em Roraima, Romero Jucá.

“Agradeço ao ex-senador Romero Jucá, que acreditou em mim nas eleições de 2016 e acredita em mim novamente. Assumi cargos importantes na gestão pública, o que me deu mais experiência para contribuir com Amajari”, falou.

PRESIDENTE INCENTIVA MULHERES

Presidente regional do MDB, Romero Jucá, é um defensor e trabalha para que cada vez mais mulheres participem das decisões política.

“O MDB sempre apoiou a participação feminina. Lutei para aumentar a inclusão delas dentro do próprio partido em posição de decisão. Temos mulheres de destaque na gestão, como a Teresa, prefeita de Boa Vista. A sensibilidade e a responsabilidade feminina podem contribuir bastante com a política”, disse Jucá.

EXEMPLO

A prefeita Teresa Surita, citada por Jucá, deixa a Prefeitura de Boa Vista após as eleições deste ano com mais de 80% de aprovação em seu trabalho pela capital roraimense.

Além de transformar a cidade com obras de infraestrutura e a organização dos serviços públicos, ela também fez Boa Vista ser reconhecida internacionalmente como a capital da Primeira Infância.