Romero Jucá: conheça meu trabalho por Roraima

Suicídio! Esta sexta-feira, 10 de setembro, é o dia em que o mundo inteiro debate um dos temas mais tristes da sociedade: O suicídio. É  um problema silencioso, que vem à tona principalmente quando alguém comete esse ato de desespero. Nesse sentido, a participação da sociedade é importante para que cada vez menos pessoas atentem contra a própria vida.

Por conta disso, Romero Jucá gravou o podcast da semana sobre o suicídio. Você pode ajudar a alguém que passa por problemas e que pensa em tirar a vida? Como se juntar a outras pessoas que lutam pela vida de outras?

Romero Jucá grava podcast sobre suicídio

Romero Jucá se preocupa com as vidas

Desse modo, preocupado com o tema, Romero Jucá bateu um papo com a Elizabete Brito. Ela é psicóloga, bem como coordenadora do Centro de Valorização da Vida, uma ONG que é referência no apoio aos suicidas.

A conversa esclarecedora toca na ferida de um tema tão dolorido para as famílias. Ninguém pode tirar a própria vida? Infelizmente isso acontece. Ouça o podcast e conheça um pouco mais do tema, assim como vais ficar sabendo um pouco do trabalho do Centro de Valorização da Vida. A Elizabete inclusive ressalta que o grupo precisa de mais voluntários.

Suicídio não é a solução

Estamos no Setembro Amarelo, mês da campanha de prevenção ao suicídio que acontece em todo o Brasil. Nesse sentido, o alto número de pessoas que tiram a própria vida levou a se debater o tema no país.

São cerca de 800 mil pessoas que morrem por suicídio todos os anos no planeta. Contudo, 79% deles ocorrem em países de baixa e média renda. São números assustadores.

Sendo assim, é importante que esse assunto seja debatido sempre. Não só hoje, para que essas pessoas, que pensam em tirar a sua própria vida, sejam ajudadas. Uma mão amiga, um conselho correto podem salvar muitas vidas.

Olhar para as pessoas

No podcast, Romero Jucá relembrou relatos positivos e gratificantes de beneficiados por projetos sociais que ele ajudou a manter quando era senador. Estes, até hoje rendem frutos, em parceria com a ex- prefeita Teresa Surita e agora com o prefeito Arthur Henrique.

Um desses exemplos de sucesso, o projeto Crescer, que ajudou a tirar muitos jovens da marginalidade e o programa Família que Acolhe, que acompanha a mãezinha desde a gravidez e a criança até os seis anos de idade.

Suicídio
Avenidas de Boa Vista são recuperadas
Avenidas de Boa Vista são recuperadas
368