Os 10 anos da Lei Maria da Penha devem ser comemorados reforçando as ações em defesa da mulher e proteção contra a violência. Respeito e dignidade para todas.

Cumprimos a promessa e aprovamos o PLC 38 que iguala a remuneração de bombeiros e militares do ex-território de RR com o Governo do DF. Uma grande conquista

Tv Rádio Jornais
Pronunciamentos Matérias Relatadas Projetos Currículo
Notícia
Aumentar tamanho fonte Diminuir tamanho da fonte
20/04/2018

DSEI-Leste inicia mês de vacinação dos povos indígenas

Foto: Benicio Moreira
DSEI-Leste inicia mês de vacinação dos povos indígenas

A equipe profissional do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI-Leste) iniciou nesta sexta-feira (20), a campanha do Mês de Vacinação dos Povos Indígenas. A ação é de multivacinação para garantir a atualização do cartão de vacina dos mais de 50 mil indígenas atendidos pelo Distrito.

 

No lançamento da ação, a prioridade foi a vacinação contra a influenza (gripe) acompanhando o calendário da campanha nacional. Todos os profissionais que atuam na Casai do DSEI-Leste em Boa Vista, pacientes e acompanhantes foram imunizados.

 

O senador Romero Jucá (MDB) que tem contribuído diretamente com investimentos para a melhoria da saúde indígena, participou do lançamento destacando como a vacinação contribui com a qualidade de vida das pessoas.

 

“É muito importante fazer essa ação para proteger todos, das crianças aos idosos, de qualquer surto que possa surgir em nossos Estado. Eu apoio esse trabalho, trazendo recursos que melhoram a estrutura de atendimento aos povos indígenas e é muito importante que eles possam ser vacinados”, disse.

 

Uma das melhoria realizadas com apoio do senador Romero Jucá foi a instalação da própria Casai do DSEI-Leste. Localizada na BR-174, sentido Mucajaí, o local recebe os pacientes em trânsito ou que necessitam do tratamento de saúde em Boa Vista.

 

A implantação dessa Casai foi um pedido das próprias lideranças indígenas do Distrito que não queriam mais o atendimento integrado aos Ianomamis. Para a moradora da comunidade Canta Galo, no município de Pacaraima, Gleidiane da Silva, o acolhimento na nova estrutura está muito melhor.

 

Ela veio acompanhando o pai que quebrou a perna em um acidente de moto. Os dois foram vacinados. “O espaço aqui é melhor, a comida é muito boa, o tratamento que as pessoas nos dão é muito bom também. Ficou bem melhor pra gente”, disse.

 

Saiba Mais – O esquema básico de vacina dos povos indígenas é mais amplo, combatendo 19 doenças. Na campanha da Influenza, tantos os profissionais de saúde quanto os indígenas são considerados público prioritário.

 

Nos 34 Polos Bases e nos demais pontos de apoio serão disponibilizadas doses das vacinas contra hepatite B, paralisia infantil, difteria, tétano, coqueluche, meningite, gripe, caxumba, febre amarela, HPV, sarampo entre outras.

Enviar comentário:



acompanhe o senador